ARTEMOS!





 Imagem do DevianArt por N. Criminova.


O rio que rejeita a margem
A qual se encosta,
Se estreita e se esgota.